segunda-feira, 19 de março de 2018

Dia "D"
Nova Base Nacional Comum Curricular é centro de debates nas escolas da 3ªCRE

A EEEB Padre Fernando, de Roca Sales, realizou debates com a equipe de professores 

Nesta quinta-feira (15/03), foram os professores a ocupar as classes em sala de aula nas 89 escolas estaduais de abrangência da 3ª Coordenadoria Regional de Educação (3ª CRE). Motivados pela proposta do dia “D” – Dia Nacional de Discussão sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) -, que previa debates em grupo, apresentação da BNCC, vídeos e avaliações, os docentes aproveitaram a parada pedagógica para conhecer mais a fundo a nova base curricular, que será implementada a partir de 2019, em todo o país, no ensino infantil e fundamental.

A mobilização nas escolas estaduais da 3ª Região foi intensa no dia “D”. Professores que integram as equipes das EEEB Vidal de Negreiros  e EEEF de Moinhos, de Estrela, optaram por realizar o encontro juntos. Sob a coordenação da professora Adriana Schardong, o grupo protagonizou momentos riquíssimos de estudo sobre a BNCC, com dinâmicas variadas, e debates.


A diretora da EEE Vidal de Negreiros, Cátia Silene Negri Musskopf, salienta a importância da compreensão da Base para a garantia da formação integral e para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva. “É direito e dever das comunidades escolares. Assim, se faz necessário buscar habilidades individuais e coletivas para rompermos as resistências e nos tornarmos seres competentes, criativos e cooperativos”.


Os alunos do Curso Normal do Instituto Estadual de Educação Estrela da Manhã (IEEEM) também participaram da avaliação. Mesmo ainda em fase de preparação, os futuros professores já tiveram contato com a BNCC. A aluna Monalisa Piffer (16) relatou para o grupo de colegas que tinha como expectativa ensinar aos alunos a questionar, a dizer o que pensa, e que para isso, esse aluno teria que estar bem informado. O grupo participou ativamente das atividades propostas, realizando debates e lançando ideias.



A coordenadora da 3ª CRE, Greicy Weschenfelder, salienta a importância da parada pedagógica: “Atendendo ao chamado do Governo Federal, o Rio Grande do Sul escolhe o dia 15 como um dia para parar, refletir e conhecer a Base Nacional Comum Curricular, que já é realidade, visto que já foi homologada. Para nossa Rede Estadual, é um momento para realmente, juntos, entendermos mais a fundo o documento e, assim, ter condições de aplicá-la na íntegra e na melhor forma possível, como é característico desse povo gaúcho e, especialmente, do Vale do Taquari. É preciso conhecer para então colocar em ação. 

Neste dia 15, de forma coletiva, assistimos vídeos, lemos textos, trocamos ideias, tanto os professores nas escolas, como nós professores na 3ª CRE e Secretaria de Educação (Seduc) – também realizamos nossos estudos e estivemos auxiliando as nossas escolas durante todo o período. A Coordenadora visitou várias escolas durante todo o dia de realização dos estudos e acompanhou de perto a mobilização pedagógica dos professores. 

O que é a BNCC
A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é o documento que define os conhecimentos essenciais que todos os alunos da Educação Básica têm o direito de aprender. Prevista em lei, ela deve ser obrigatoriamente observada na elaboração e implementação de currículos das redes públicas e privadas, urbanas e rurais.



Novo Referencial Curricular do RS
Ainda este ano, a rede estadual deverá debater, também, o Novo Referencial Curricular gaúcho, complementar ao BNCC. Para tanto, o governo do estado irá publicar uma portaria para constituir uma comissão de 22 professores representando a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), a Undime e o Sindicato do Ensino Privado no Rio Grande do Sul (Sinepe/RS) para debater o novo currículo.


Posteriormente, será criado um site para que professores das três redes ofereçam sugestões de assuntos a serem trabalhados no novo currículo. As consultas públicas estão previstas para ocorrer até o final do mês de junho.


Para a diretora do Departamento Pedagógico da Seduc, Sônia Rosa, a implementação da BNCC e a construção do Referencial Curricular Gaúcho, permitirão um olhar mais atento aos fenômenos sociais, políticos e culturais do Rio Grande do Sul. "O Referencial será um balizador na construção dos currículos nas escolas. Por isso, a importância do Dia D, que viabiliza o conhecimento da organização e da estrutura da BNCC, bem como as macrocompetências para as etapas da Educação Infantil e Ensino Fundamental", explica.



Assessoria de Comunicação 3ªCRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário