segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

FORMAÇÃO FINAL DO PNAIC REÚNE PROFISSIONAIS E AUTORIDADES

A 3ª Coordenadoria Regional de Educação promoveu, no último sábado, 12, em Estrela, o Seminário Final do Plano Nacional de Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), no auditório do Instituto Estadual de Educação Estrela da Manhã.

O evento contou com a presença das orientadoras de estudos, professoras alfabetizadoras, pais, alunos, além de autoridades da 3ª CRE, como Paulo Backes, Coordenador; Greicy Weschenfelder, Coordenadora Adjunta; e Fábio Mallmann, Coordenador Pedagógico.

O Coordenador Paulo Backes abriu o evento com um discurso: “Ser alguém, não é apenas ter conhecimento, mas sim, ter alma e coração. A missão do professor é diferenciada justamente por lidar com seres humanos. Destaco a importância de eventos como esse, porque nós, professores, precisamos cada vez mais de qualificação se não quisermos perder nosso espaço. Parabenizo os que estão aqui, hoje”, concluiu.


Em seguida, as crianças dos segundos e terceiros anos do Ensino Fundamental da Escola Estadual Carlos Fett Filho, de Lajeado, apresentaram, juntamente da professora Leci Nunes da Silva, os livros que escreveram. Aos presentes, as crianças explicaram que inventaram histórias, desenharam e pintaram, a partir de muita leitura e motivação da professora e pais. A integração da comunidade com a escola mostra-se uma poderosa ferramenta para o sucesso da aprendizagem.



O pai de um dos alunos, José de Matos, declarou a todos que “os professores devem ser honrados, pois são responsáveis por abrirem nossos horizontes”. Matos também parabenizou a professora Leci por incentivar as crianças a desenvolverem a escrita.



Mais tarde, foi a vez das educadoras Nadir Hartmann, Andréia Francisca e Ângela Pretto apresentarem o projeto “Semente de Leitura”, realizado na Escola Estadual Santo Antônio, de Lajeado, que conta com turno integral. Nessa proposta percebemos claramente o envolvimento e a integração das docentes, mostrando a importância de um planejamento integrado.

No turno inverso, ou seja, à tarde, as professoras realizam com os estudantes diversas oficinas. Já foram trabalhadas “árvore genealógica”, “leitura” e, conforme foto abaixo, bonecos que representam seres humanos, que devem ser cuidados e amados. “Como alfabetizadoras, procuramos formas de ensino que encantem nossos alunos”, contou Andréia.




Ao fim das apresentações, a professora Mônica Vico, autora do livro “Vicente, o exigente”, desenvolveu uma oficina com todos os presentes, apresentou a importância e todas as possibilidades que podemos fazer com a contação de histórias.

Como forma de integrar os professores, foi realizada também uma gincana pelas Orientadoras de Estudo, a partir dos cadernos de formação de 2013, 2014 e 2015. Após o momento de socialização, ocorreu show da banda "Farrapas e Tropilhanas", do CTG Tropilha Farrapa, de Lajeado. Sem dúvida, o encontro possibilitou muita troca de conhecimento, ideias e mostrou a importância de um trabalho coeso, integrado e planejado nas séries iniciais do Ensino Fundamental.


Texto e fotos: Bárbara Scheibler Delazeri

Nenhum comentário:

Postar um comentário