sexta-feira, 20 de novembro de 2015

1º FÓRUM CIPAVE

A 3ª Coordenadoria Regional de Educação escolheu a data de 19 de novembro para sediar o 1º FÓRUM CIPAVE (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes Escolares).

O evento reuniu 180 pessoas no Auditório do Instituto Estadual de Educação Estrela da Manhã (IEEEM), envolvendo diretores, professores, supervisores e orientadores educacionais das 92 Escolas Públicas de abrangência da 3ª CRE.



Na oportunidade estavam presentes a autora da Lei da CIPAVE, Srª Maria Helena Sartori, atual primeira Dama do Estado, os membros do Judiciário de Lajeado, Juiz de Direito Dr. Luís Antônio de Abreu Johnson e o Promotor Dr. Neidemar Fachinetto, a Delegada da Polícia Civil- Srª Márcia Scherer, Major Caye, representando o Comandante da BM, apoiadores desse Programa, a Srª Luciane Manfro, Gerente da CIPAVE da Secretaria de Educação de Estado, o professor Ivo Lautert, representando o Secretário de Educação Vieira da Cunha, o Secretário de Educação de Estrela Marcelo Mallmann, representando o Prefeito Municipal e os Coordenadores Regionais de Educação da 3ª CRE, Paulo Backes e Adjunta, Greicy Weschenfelder, que também é Coordenadora do CIPAVE da 3ª CRE.
A CIPAVE tem como principal objetivo o envolvimento com as comunidades na preservação, bem como, no auxílio às escolas em buscar soluções pedagógicas para os conflitos na prevenção de situações de violência no âmbito escolar.

O grupo de alunos do Projeto Mais Educação da Escola Estadual de Ensino Fundamental Otília Correa de Lima, da cidade de Lajeado, deu início às apresentações do turno da manhã, logo após a aluna Laura Froener Gonçalves, (6 anos) – do município de Arroio do Meio – encantou a todos pela delicadeza ao entoar a música” Eu te esperarei”, de Thaeme e Thiago.
O Coordenador Paulo Backes, emocionado, disse que “o conhecimento, sem dúvida, faz a diferença na escola, podemos ver neste dia, o potencial de nossas crianças e o quanto a escola é importante”. “Para nós, educadores, essas crianças são a razão das nossas vidas”, complementa.

A Coordenadora Adjunta ao agradecer pelas parcerias engajadas com o Projeto CIPAVE destaca que “quando todos lutam pela mesma causa, temos uma alma que entende que precisamos fazer esta prevenção na escola e na sociedade”. Para finalizar disse que as escolas de abrangência da 3ª CRE possuem, na sua totalidade, ou seja, nas 92 escolas, o Projeto  CIPAVE em plena atividade,” agora é partir para as ações”,complementa.

O Juiz Johnson enfatizou a relação da Justiça Restaurativa com as CIPAVEs, ou seja, são novos olhares para a Prevenção de Violência na Escola. “É se valer de ferramentas como a comunicação não-violenta para mediar os conflitos e restaurar relações”,  concluiu.

Luciane Manfro, Gerente Estadual das CIPAVEs elogiou o evento organizado pela 3ª CRE e disse que “o educandário pode usar a CIPAVE para trazer a comunidade para dentro das escolas, num claro objetivo de evidenciar a cultura da paz”.



  
Fotos: CRE/Iranice Bohn

Nenhum comentário:

Postar um comentário